CEREALTEC | Tecnologia em Conservação de Grãos | queimador
 
+54 2304 667 617
Independência das variáveis climáticas

queimador

Características

Ou queimador de biomassa consiste em um sistema completo, realizado para produzir energia utilizando-se biomassa como combustível, através de um método inovador de combustão de alta eficiência e perdas reduzidas.

A biomassa agrícola pode ser queimada graças à sua composição química e ao seu bom poder calorífico, mas apresenta o problema de fusão das cinzas nas paredes da câmara de combustão e de emissão de cinzas levianas à atmosfera. Sem contar a densidade e a umidade da biomassa ser variável, o que provoca dificuldades extras.

Foram realizados experimentos utilizando-se diferentes fontes de biomassa, como dejetos de milho, dejetos de cevada, pellets de madeira, cascas de nozes, etc. que se produzem em quantidades que asseguram uma fonte de combustível estável durante o tempo.

A temperatura alcançada no processo de combustão de resíduos agrícolas não supera os 700°C e produzem cinzas que são consideradas de baixa temperatura de fusão, dando lugar à formação dos clínquers, que são uma massa gelatinosa que, quando se esfria, fica vítrea e muito dura. Estes se depositam nas paredes e ao fundo dos fornos convencionais, causando deterioração com o tempo e sérios problemas de manutenção.

Clínquer gerado por sistemas tradicionais

Varredor de cinzas do combustor


O sistema que oferecemos foi projetado para manter uma temperatura de parede inferior à temperatura de fusão, assegurando a não formação dos indesejáveis clínquers. As cinzas podem ser retiradas do fundo do queimador com um sistema que a recolhe e as remove do equipamento.

Logo, as cinzas podem ser retornadas aos cultivos e constituem uma fonte de minerais muito interessante.

As conclusões destes experimentos foram a base para nosso projeto de combustão com biomassa pulverizada, queimando a biomassa de forma muito eficiente, deixando um mínimo de resíduos, na ordem de 1% a 2%.

O equipamento garante uma combustão completa, geando gases de combustão não contaminantes para o ambiente.

 

Funcionamento



  • LA biomassa armazenada no silo (1), é transferida para um moinho de martelo (3) através de um alimentador (2), comandado por um inversor.

  • Este envia a quantidade de biomassa necessária para manter a temperatura exata exigida pelo processo, controlado com a precisão de +/- 1 °C.

  • A biomassa pulverizada pelo moinho é aspirada por um ventilador (4) e é enviada sob pressão para a câmara de combustão.

  • O aquecedor de gás (6) eleva a temperatura da câmara de combustão (7) até gerar a combustão espontânea da biomassa.

  • A partir desse momento, o aquecedor de gas se apaga e o processo continua por auto combustão.
    O ar ambiente é aspirado por um ventilador localizado no final da tubulação do sistema que, por sua vez, controla a temperatura das paredes do queimador.

  • A mistura calibrada de ar externo, que circula entre as paredes externas do queimador e sua carcaça, com os gases de combustão (7) determinam o fluxo final de temperatura desejada.

  • As cinzas geradas na combustão perfeita, não são contaminantes e, ao se depositarem na parte inferior do combustor, são expulsas pelo varredor de fundo (8), através de um parafuso sem fim.

Geração de energia calórica

O sistema de combustão de Biomassa permite a substituição da fonte energética tradicional das secadoras por um queimador alimentado com resíduos moídos de grãos (milho, soja, trigo, girassol, cevada, sabugo etc).

O equipamento permite a utilização de resíduos de biomassa agrícola secos como fonte energética.

A temperatura de injeção é controlada em tempo real por um CLP que, baseado nos dados obtidos, regula o calor gerado no queimador com a finalidade de obter ar tratado a variação de temperatura de +/- 0,5 ºC.

A combustão obtida pelo sistema é completa, gerando gases de combustão sem contaminantes. Os resíduos do processo representam não mais que 2% da biomassa utilizada como combustível e também não são contaminantes.

 O aquecedor a gás atua no pré-aquecimento do combustor. Alcançada a temperatura de ignição da biomassa, ele se apaga automaticamente. Se ativa novamente somente quando, após esgotamento da biomassa, se deseja continuar com a injeção de are quente.
O queimador não requer manutenção e o resíduo gerado é automaticamente expulso do sistema através de um parafuso sem fim.

A utilização do equipamento permite uma importante economia de energia, reduzindo as emissões de CO2 e capitalizando o resíduo agrícola gerado.

Especificações técnicas

 

Capacidade calorífica

1.600.000. Kcal/h

Temperatura de injeção

40 a 120 °C

Consumo de Biomassa

12 Ton/ día

Fonte de alimentação

380 V 50 Hz

Peso

4.000 kgs

 

 
  Copyright©2011-2017 CEREALTEC - Refrigeración de Granos - Seo Argentina